Todos os passageiros que estavam no mesmo voo do brasileiro com coronavírus estão sendo monitorados. Entre eles há um catarinense da cidade de Caçador. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pela Secretaria Municipal de Saúde. O homem tem 62 anos e não apresenta sintomas de doença. Ele ficará isolado em casa por 14 dias.

O voo saiu da Itália, fez escala em Paris (dois países com a contaminação) e chegou ao Brasil no dia 21 de fevereiro.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde de SC, Helton Zeferino, as unidades de saúde já  estão orientadas para lidar com os casos suspeitos.

“A grande maioria dos suspeitos será tratada em residência, com sintomáticos para uma síndrome gripal. É importante lembrar que temos um percentual pequeno, de 15%, de pessoas que vão precisar de cuidados mais intensos, e uma taxa de letalidade de 3,4%. De qualquer forma temos que ter a estrutura de saúde preparada para fazer frente àquilo que precisarmos, seja num pequeno ou grande numero de casos”.

Santa Catarina já tem oito casos suspeitos de coronavírus e 132 em todo Brasil