Gugu Liberato, que morreu aos 60 anos no dia 22 de novembro, após sofrer uma grave queda em sua casa em Orlando, nos EUA, foi lembrado na missa de sétimo dia, que ocorreu neste sábado (7).

A cerimônia religiosa aconteceu na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em São Paulo. Familiares de Gugu decidiram por esse lugar relembrando que o apresentador, quando criança, foi coroinha nessa igreja.

Apenas familiares e amigos mais próximos compareceram, incluindo dona Maria do Céu, de 90 anos, mãe de Gugu. Ela foi uma das primeiras a chegar ao local, por volta das 17h, acompanhada de seus outros dois filhos, Aparecida e Armandio Liberato. Viúva do animador, Rose Mirim Di Matteo, e os seus filhos João Augusto, 18 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, 15, também estiveram presentes.

Padre Osmar Alves Souza foi o responsável pela condução da missa. O religioso também esteve no velório e sepultamento de Gugu e já é conhecido de longa data de familiares do apresentador.

Logo no início da missa, o padre lembrou os tempos em que Gugu foi coroinha na paróquia. “Sua presença neste mundo foi um grande presente que Deus nos ofereceu. Servindo aqui no altar de Deus quando criança, continuou fazendo o bem a tantas pessoas. Até mesmo depois de sua partida, pensou no próximo. Ao nosso querido Augusto Liberato, nossa eterna gratidão”, afirmou o religioso, referindo-se à doação de órgãos.

Fotos: Divulgação e Reprodução/O Fuxico