Prefeito Manoel Bertoncini, o vice Pepê Collaço, e o secretário de saúde Roger Augusto Vieira e Silva apresentaram o projeto da UPA 24 horas de Tubarão em maio deste ano.
Prefeito Manoel Bertoncini, o vice Pepê Collaço, e o secretário de saúde Roger Augusto Vieira e Silva apresentaram o projeto da UPA 24 horas de Tubarão em maio deste ano.

Tubarão

Hoje é um dia memorável para Tubarão. A entrega, às 10 horas, na sede da Amurel, da ordem de serviço à empresa Fagres Materiais de Construção, da Cidade Azul, marca o início de uma das mais importantes obras da área da saúde: a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas.

A empresa será a responsável pela demolição dos prédios da garagem e da secretaria de infraestrutura da prefeitura, localizados na rua Januário Alves Garcia, na margem esquerda.
Junto, o prefeito em exercício, Pepê Collaço (PP-PSD), lança a licitação para a segunda etapa: a construção da unidade. “Estou ansioso. Lutamos muito para este projeto tornar-se realidade”, destaca Pepê.
Quando começar a funcionar, possivelmente no próximo ano, a UPA 24 horas absorverá em torno de 80% do movimento da emergência do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).

Orçada em aproximadamente R$ 3 milhões, a unidade será viabilizada por meio de um convênio, já firmado, com o Ministério da Saúde, no valor de R$ 1,050 milhão.
No fim do mês passado, o estado garantiu mais R$ 1,1 milhão para a obra. O convênio, contudo, ainda não foi assinado. Com isso, restam outros R$ 850 mil para completar o valor. Não é descartado que este montante saia integralmente dos cofres municipais.

Outros R$ 350 mil serão necessários para equipar a unidade, que deve ter um custo mensal de manutenção em torno de R$ 100 mil. A UPA 24 horas contará com dois clínicos gerais e um pediatra, para atendimento de emergência.
Um setor odontológico também está previsto, além de equipamentos como raios-X, ultrassom e laboratórios. Em uma área construída de 887,48 metros quadrados, serão implantados seis leitos, número que pode ser ampliado para oito.

Mudança
A secretaria de infraestrutura da prefeitura de Tubarão mudará, nos próximos dias, para o novo endereço: na rua Altamiro Guimarães, cruzamento com a José Genovez, no bairro Oficinas.

Ordem de serviço à microdrenagem sai na próxima semana

Está confirmado para a sexta-feira da próxima semana a assinatura da ordem de serviço para a execução da microdrenagem da margem esquerda do Rio Tubarão. A vencedora da licitação foi a empresa Coenco, de Gravatal.
Contudo, a homologação da concorrência será feita somente nesta sexta-feira, quando termina o prazo recursal. Caso não haja nenhum, o contrato com a empresa será assinado na próxima segunda-feira.

A Coenco apresentou uma proposta de R$ 3.933.318,69, R$ 502.269,28 abaixo do valor orçamento (R$ 4.435.587,97). A obra prevê a ampliação da rede de drenagem da BR-101 até a margem do rio.
As galerias construídas terão a extensão de 1,49 quilômetro. Também serão implantadas 15 caixas de ligação e passagem d’água. A microdrenagem faz parte da obra de macrodrenagem, que também engloba a construção de três estações elevatórias.

O edital de licitação para a construção destas galerias está em fase final. Os recursos já foram liberados pela Caixa Econômica Federal (CEF).
As duas obras devem ser terminadas no segundo semestre do próximo ano. O investimento beneficiará cerca de 28 mil habitantes nos bairros Humaitá, Dehon, Morrotes, Vila Elisa e Centro.