Tubarão

Há pouco mais de uma semana do fim da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo, 5 milhões de crianças com idade entre 1 ano e 5 anos ainda precisam ser imunizadas no Brasil. Dados do Ministério da Saúde mostram que, até o momento, 56% do público-alvo recebeu as doses previstas. A campanha termina no próximo dia 31 de agosto.

De acordo com o gerente regional de saúde de Tubarão, Everson Barbosa Martins, na região da Amurel cerca de 70% do público-alvo já foi vacinado. “ A nossa meta é chegar até esta sexta-feira com 78% na imunização de sarampo e também de poliomielite. Até agora alcançamos pouco mais de 73%. Os pais e responsáveis precisam levar o seu filho a uma unidade de saúde para ser imunizado. É muito importante que cada um faça a sua parte”, observa o gerente.

A campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite teve início no último dia 6 em Todo o Brasil. As vacinas são aplicadas nos postos de saúde dos municípios. A campanha é desenvolvida pelo Ministério da Saúde. Tradicionalmente a vacinação é realizada em agosto. O público-alvo das vacinas são as crianças que tem um ano completo até as de 4 anos, 11 meses e 29 dias. A meta do Ministério da Saúde (MS) é de que 95% (11 milhões) de crianças nessa faixa etária, sejam ser vacinadas.

 Everson destaca que na região não há caso da doença. No Estado conforme o Ministério da Saúde também não. “Temos supervisionado e colaborado com os municípios nesta campanha. No último sábado tivemos o dia D, onde todas as salas de vacina estiveram abertas para receber a população. Os municípios que não atingirem 78% até esta sexta-feira, podem atender neste sábado”, explica Everson.

 O objetivo da campanha é impedir a reintrodução do vírus da poliomielite no país e elevar as coberturas vacinais a níveis protetores contra o Sarampo, fazendo frente à situação epidemiológica observada na região norte do país. As duas doenças são consideradas de contágio fácil e podem se alastrar rapidamente entre a população, principalmente o vírus do Sarampo, a vacinação a única forma de prevenção.