Liliane Dias
Braço do Norte

A busca pela especialização e por rendimentos mais expressivos tem levado profissionais a largar tradicionais estruturas do mercado jurídico e investir em áreas específicas. Em Braço do Norte, existem vários exemplos desta tendência. O advogado Rômulo Barreto Volpato, que atua na área de assessoria empresarial, é um deles.

Rômulo explica que no Vale ainda não há a cultura de proporcionar um atendimento personalizado e direcionado para cada segmento. Ele cita as questões contratuais para exemplificar a importância da especialidade. “As pessoas ainda não têm conhecimento de quanto poderiam economizar, tanto em tempo como em dinheiro – se houvesse uma consultoria preventiva. As vezes, um contrato bem elaborado evita problemas para os lados que negociam”, detalha o advogado.

Este tratamento específico para cada empresa também está ligado ao tamanho do negócio. No Vale do Braço do Norte, por exemplo, não existem grande empresas. As de médio e pequeno porte não disponibilizam verba para estes fins. “Na região, há muitas empresas de pequeno porte que ainda não conseguem incluir consultoria jurídica na folha por ter outras prioridades”, observa Rômulo.

Outras opções para os “novos advogados” são os concursos públicos. Além de garantir estabilidade, também proporcionam um bom reconhecimento financeiro. Neste caso, porém, as vagas são em número limitado. Daí o reforço pela busca na especialidade. Hoje, a assessoria empresarial, por exemplo, é restrita.
Mesmo assim, a expectativa é de que em pouco tempo mais profissionais optem por áreas específicas.

O advogado, atuante há três anos no mercado, acredita que a cada ano esta visão diferenciada é mais fortemente difundida. “Não acho que o mercado esteja saturado. O contrário. Acredito que tem espaço para todos e que isso deve apenas fortalecer novas tendências”, acrescenta.