Amanda Menger
Tubarão

Tubarão gerou 7.281 de janeiro de 2004 a maio deste ano. Em sua maioria, estes postos de trabalho foram criados por micro e pequenas empresas. E estes índices não foram registrados apenas no município, mas reflexos da economia brasileira como um todo. Ao menos é isso que apontam os dados divulgados nesta sexta-feira por uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Dos 5,3 milhões de postos de trabalho formais criados entre 2002 e 2006, 43,3% foram por micro e pequenas empresas. “Hoje, as micro e pequenas empresas são as que mais geram empregos em Tubarão. Há mais de dez anos, quase não havia empresas deste porte na cidade. Muitas pessoas resolveram ter uma renda maior e abriram o próprio negócio”, observa o coordenador regional do Serviço Nacional de Empregos (Sine) de Tubarão, Mário César Carvalho.