Emoção na casa de uma família da Inglaterra. Jacob Scrimshaw, de cinco anos, conseguiu abraçar o irmãozinho dele pela primeira vez, depois de ganhar uma prótese inovadora. Jaboc se tornou a primeira criança do Reino Unido a ter uma prótese fixada acima do cotovelo. O menino nasceu sem uma parte do braço esquerdo.

A mãe Gemma Turner, 36, e o pai Chris Scrimshaw, 36, de Calderdale, West Yorks, não conseguiram que o NHS – Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido – pagasse a prótese robótica para o filho… e arregaçaram as mangas.

Eles abriram uma vaquinha eletrônica e conseguiram arrecadar 16.000 libras – quase 85 mil reais – em sete meses com uma campanha do GoFundMe. A prótese permanece presa ao braço e tem articulação do cotovelo, um modelo inovador que a mãe descobriu no Instagram.

O novo braço verde de Jacob – que tem o tema Hulk – foi fabricado em 12 semanas, depois que as empresas trabalharam com o fornecedor de serviços protéticos Dorset Orthopaedics.

A estreia

O menino, que nasceu prematuramente, começou a usar o braço no começo de dezembro e o ‘ama’. Ele nunca foi capaz de abraçar o irmão Sebastian, de três anos. Agora, os dois garotos podem se abraçar o tempo todo.

A mãe, Gemma disse: ‘Ele ainda está se acostumando, mas é ótimo,tivemos um Natal fabuloso, ele conseguiu abrir seus presentes com as duas mãos.’

Ela contou que “derreteu seu coração” ver Jacob de mãos dadas com seu irmão e seu pai ao mesmo tempo, algo que ele nunca foi capaz de fazer antes.

O menino agora também pode brincar com seu irmão Sebastian e empurrar sua irmã mais nova, Nell, seis meses, em seu carrinho.

O braço

O braço mecânico está em adaptação.  A empresa e a família trabalharão juntas para desenvolvê-lo e melhorá-lo. Em sua forma atual, o cotovelo é ajustado usando uma trava deslizante e a mão se fecha quando ele aperta uma câmara cheia de água montada no braço.

A família continua está levantando dinheiro no GoFundMe para garantir fundos para futuras melhorias.