Wagner da Silva
Rio Fortuna

Cerca de 25 jovens de grupos da zona rural voltam a reunir-se neste fim de semana a fim de debater e sugerir a criação de políticas públicas para a juventude. O encontro será na comunidade de Rio Facão, em Rio Fortuna.

As reuniões itinerantes são promovidas por grupos de jovens rurais de Rio Fortuna e Grão-Pará, em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Sintraf) de Rio Fortuna, Fundação Luterana Diaconia (FLD) e a Centro de Elaboração, Assessoria e Desenvolvimento de projetos (Cesap). A meta é formar jovens lideranças comunitárias.

Nesta etapa, os grupos trabalharão a edição de um vídeo, cujo objetivo é apresentar informações histórico-culturais das comunidades em que vivem, e temas como o agroturismo e o melhor aproveitamento da propriedade rural. O processo visa atender indiretamente cerca de 120 famílias da área rural de Rio Fortuna e Grão-Pará.
Conforme a coordenadora do coletivo da juventude da Fetraf – micro região sul, Aline Nandi, o trabalho de intercâmbio de informações visa preparar os jovens para liderar grupos sociais e contribuir no debate e desenvolvimento de políticas públicas.

“Entender o papel do jovem dentro da organização fortalece as ações do meio rural. Especialmente no desenvolvimento de políticas públicas de interesse deste meio. Nossa proposta é estudar, debater e desenvolver os projetos integrados como forma de despertar no jovem, o interesse na participação social”, pontua Aline.

Ela acrescenta que o vídeo será desenvolvido durante os próximos três meses e apresentado em fevereiro do próximo ano na reunião regional. “A maioria das propostas apresentadas no início do projeto estão em execução nas comunidades participantes. O vídeo trabalha as ações desenvolvidas pelos jovens dentro da sua realidade e contribuirá como forma de fortalecer o processo na base social”, avalia Aline.