Wagner da Silva
Braço do Norte

O Dia do Meio Ambiente, como bem pontua o empresário Luiz Góes, do grupo Moldurarte, de Braço do Norte, é todos os dias. Para ele, as ações promovidas neste período alusivo à natureza deveriam ser seguidas a risco nos 365 dias do ano. O pensamento dele é justamente a proposta de gestão ambiental da empresa. O projeto Moldurarte Sustentável foi lançado oficialmente na última semana.

A primeira ação foi promover uma palestra aos funcionários, ministrada pelo coordenador das ações do proCeleficiência e de Responsabilidade Social da Celesc, Valdoli Nunes de Aguiar. De uma forma bem-humorada, ele falou sofre temas do cotidiano, como a separação de lixo, o desperdício de água e de energia e o reaproveitamento de materiais.

Para Góes, com o Moldurarte Sustentável a empresa inicia um novo processo de gestão ambiental. “Queremos que os funcionários criem consciência ambiental e mudem seu comportamento aqui, no trabalho, e em suas casas. Nossa ideia é expandir nosso projeto para a comunidade onde estamos inseridos”, valoriza o empresário.

Sustentabilidade
O projeto de gestão ambiental da Moldurarte, de Braço do Norte prevê o desenvolvimento de ações sustentável, a serem desenvolvidas ao longo dos anos. Uma destas ações é o reflorestamento realizado nos mais de quatro mil hectares, distribuídos em quatro fazendas, de propriedade da empresa.