#Pracegover Na foto, mapa de Santa Catarina demarcado em vermelho e amarelo

Matriz de Risco Potencial divulgada neste sábado, 22, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) aponta que apenas uma região de Santa Catarina foi classificada no patamar Grave (cor laranja) e outras 15 na situação Gravíssima (cor vermelha) para a transmissão da Covid-19.

Apenas a região da Grande Florianópolis se manteve no nível amarelo. As regiões Médio Vale do Itajaí e Nordeste foram reclassificadas para a situação gravíssima.

Todas as regiões do Estado foram avaliadas com risco máximo (nota 4), ou seja, em nível gravíssimo no quesito capacidade de atenção, que é o que avalia a taxa de ocupação de UTIs.

Na semana passada, a única região avaliada com risco máximo em todos os quesitos foi a do Alto Vale do Rio do Peixe. Nesta semana, Alto Uruguai Catarinense, Serra e região Meio Oeste receberam a pior avaliação em todos os índices avaliados pela matriz: evento sentinela (elevação do número de óbitos); transmissibilidade (variação do número de casos); monitoramento (número de exames RT-PCR para Covid-19 processados pelo Lacen) e capacidade de atenção (ocupação dos leitos de UTI).

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul