O Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), de Tubarão, contará com mais um quarto PPP, em que podem ser realizados os trabalhos de pré-parto, parto e pós-parto no mesmo ambiente. Isso proporciona muito mais conforto e segurança para as gestantes, que ficam em trabalho de parto em um ambiente moderno, equipado com cama elétrica e berço aquecido. Depois, a mãe permanece no mesmo quarto com seu bebê, e um acompanhante pode estar presente durante todo o processo.

Os quartos PPP foram projetados para estimular o aleitamento e o contato pele a pele da mãe com o bebê desde a primeira hora de vida, chamada “hora dourada”, garantindo humanização e estimulando a via de parto natural. Além de cama e equipamentos de ponta, a nova estrutura conta com uma área assistencial, espaço para banheira descartável e banheiro amplo e exclusivo. O espaço será oferecido às pacientes oriundas do Sistema Único de Saúde (SUS) e está instalado dentro do Centro Obstétrico do HNSC, o que permite qualquer intervenção médica durante o trabalho de parto, caso necessário.

De acordo com a enfermeira do Centro Materno do Hospital, Katiane Baschirotto, as instalações do quarto PPP reforçam o compromisso do Hospital de estimular as boas práticas obstétricas, propiciando condições favoráveis ao parto normal. “Era um sonho para as equipes médica e de enfermagem poderem contar com um local assim para as pacientes que chegam via SUS ganharem seus bebês de forma mais confortável e privativo”, afirma.

A viabilização dessa obra foi possível através da doação de recursos financeiros no valor de R$ 29.378,95, arrecadados pela Associação Mãos que Salvam Vidas (Amavi) durante a edição de 2018 do jantar beneficente “Em Prol da Vida”, realizado todos os anos em Tubarão. A Amavi ainda doou ao setor Oncologia do HSNC um cardioversor, equipamento capaz de detectar arritmias graves e tratá-las imediatamente através de estímulos elétricos. O aparelho foi adquirido graças a uma doação no valor de R$ 29.283,75, montante arrecadado na edição deste ano do jantar.

Prestação de contas 

Na última semana, em seu auditório, o Hospital Nossa Senhora da Conceição apresentou a prestação de contas dos recursos financeiros doados pela Amavi para os projetos. O diretor executivo do HNSC, Fábio Teixeira, agradeceu o empenho que o grupo sempre demonstrou com a Instituição. “Essas pessoas dedicam uma pequena parte do seu tempo para promover ações solidárias, um ato de transformação social que contribui na qualidade dos serviços prestados aos nossos pacientes, principalmente o usuário do SUS, que hoje representa quase 80% dos nossos atendimentos. O nosso muito obrigado à Amavi, e que em 2020 possamos continuar com essa parceria”, ressalta o diretor.

A Associação Mãos que Salvam Vidas é uma entidade civil e sem fins lucrativos, formada em 2005 por lideranças empresariais e representantes de classe atuantes em causas sociais de Tubarão e região. A finalidade do grupo é viabilizar as ações e projetos do HNSC e outras instituições e órgãos do setor público por meio do planejamento e execução de projetos.

Sobre Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC)

Fundado na cidade de Tubarão em 1904 pelas Irmãs da Divina Providência, o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) é o maior hospital de Santa Catarina em número de leitos, totalizando 395, e oferece mais de 40 especialidades. A instituição é referência como hospital geral para o Sul de Santa Catarina, atendendo toda a região da Amurel (Associação dos Municípios da Região de Laguna) e, em algumas especialidades, as regiões da Amrec (Associação dos Municípios da Região Carbonífera) e Amesc (Associação dos Municípios do Extremo Sul de Santa Catarina). Desde 2015 é administrado pela Associação Congregação de Santa Catarina, entidade filantrópica que atua em todo o Brasil. O HNSC conta com um moderno centro de diagnóstico por imagem e procedimentos de alta complexidade, além de ser integrante da Rede Nacional de Pesquisa Clínica, sendo também um hospital de ensino. De 2001 até o momento mantém o título de “Hospital Amigo da Criança”, do Ministério da Saúde, e disponibiliza o Disque-Amamentação, serviço gratuito de informações sobre amamentação para toda a comunidade da região.