Um dos radialistas mais antigos e em atividade em Santa Catarina, veio a óbito nas primeiras horas deste domingo (14). Manoel de Oliveira Martins, o Maneca, como era conhecido, tinha 88 anos.

Nascido em Laguna, em 1932, começou a carreira na Rádio Difusora da cidade em 1956, mas, pelo talento, logo chamou a atenção. Pouco tempo depois, recebeu um convite para trabalhar na Rádio Cruz de Malta, de Lauro Muller, e, por lá, permaneceu até 1957.

Após, reforçou a recém inaugurada Rádio Difusora de Imbituba, emissora da qual passou a maior parte da carreira e que, há até poucos meses, fazia participações na programação. Dos quase 89 anos de vida, Maneca dedicou 65 ao rádio, uma de suas maiores paixões.

Mesmo com a pandemia, o profissional participava, de sua casa, da programação da Rádio Difusora de Imbituba, a emissora tem utilizado seus programas neste domingo como uma forma de homenagem ao radialista.

O velório teve início por volta das 8h na Capela do Mazinho. O sepultamento do radialista está previsto para as 14h, no Cemitério de Vila Nova. Maneca deixa a esposa Ana Clara, filhos, netos e bisnetos.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul