Existem muitas perguntas e discussões sobre a Covid-19 que ainda precisam ser esclarecidas. Desde o início da pandemia, autoridades e órgãos mundiais de Saúde realizam inúmeras pesquisas e têm compartilhado conhecimento.

Atualmente alguns estudos e relatos médicos sugerem que pacientes com o coronavírus podem apresentar problemas na pele. “Médicos de diversos países constataram a presença de lesões tipo vasculite, são manchas vermelhas que aparecerem nas extremidades, mãos e nos dedos dos pés, de pacientes acometidos com o novo coronavírus, mas há ponderações a fazer sobre essas ocorrências”, afirma a dermatologista do Complexo Médico Pró-Vida, em Tubarão, Maria Virgínia de Mello Guedes.

Conforme a especialista, esse sintoma tem surgido principalmente em crianças e pessoas mais jovens, e é visível, aparentemente parecido com as manchas do sarampo. Pessoas infectadas têm relatado um certo incômodo no local. São lesões que não chegam a evoluir e geralmente somem em poucos dias, e ainda não confirmadas em sua totalidade pelas autoridades de Saúde.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) ainda é cedo para conclusões definitivas sobre o tema. O órgão solicita aos médicos e dermatologistas que documentem com precisão de detalhes as possíveis alterações observadas nos acometidos pelo coronavírus. A entidade recomenda que qualquer manifestação que apareça na pele, sendo em portadores do Covid ou em todos, em modo geral, precisa ser investigada.