Braço do Norte
 
As eleições para escolha da nova presidência da Cooperativa de energia de Braço do Norte, a Cerbranorte, será, definitivamente, bastante concorrida. Três grupos distintos pleiteiam os cargos.
 
Um deles é formado pelo vereador licenciado Ronaldo Fornazza (DEM) à vaga de presidente e Ednei Wiggers como vice. Um segundo grupo é encabeçado por Antônio da Silva, o Toninho do Colonial (PP), à presidência, e Manuel da Silva (PMDB), o Nelo, como vice. Esta coligação política improvável e sem precedentes em Braço do Norte, entre PMDB e PP, gerou um certo descontentamento.
 
E foi justamente do racha no PMDB que saiu a terceira composição: Roberto Kinderman, ao cargo de presidente, e o vereador peemedebista Nivaldo Ricken como vice. A escolha foi anunciada ontem, às 22 horas.
 
Kinderman não tem partido. É filho do ex-presidente da cooperativa, Celso Kinderman, já falecido. Os três grupos já se mobilizam para obter a maioria dos votos dos 16.689 associados.
 
Todas as pré-candidaturas precisam ser confirmadas até o próximo dia 9. A eleição será no dia 19, das 9 às 17 horas, na sede da cooperativa.
A Cerbranorte, hoje, é a maior cooperativa de energia da região. Além de Braço do Norte, atende consumidores em Rio Fortuna.