#ParaTodosVerem Na foto, quatro fracos com larvas de mosquito
Na Amurel, há 98 focos do Aedes aegypti. As cidades de Imbituba e São Ludgero são consideradas infestadas pelo vetor transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus - Foto: Divulgação

A Gerência Regional de Saúde em Tubarão confirmou o quarto caso autóctone de dengue na Amurel. O paciente é de Tubarão. A cidade já tinha outras duas pessoas com a doença, contraída dentro do município. O outro caso é de um morador de Braço do Norte, que também contraiu a doença na cidade do Vale. O ano de 2022 já registra o maior número de casos de dengue em Santa Catarina. Conforme a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC), já são 32.206 casos confirmados da doença, desses, 28.752 são autóctones, ou seja, foram contraídos dentro do Estado, nas cidades onde estas pessoas moram. Além do aumento expressivo no número de casos de doentes, esse ano Santa Catarina também já contabiliza o maior número de mortes por dengue: são 26 óbitos confirmados. Em todo o ano passado, foram registrados sete óbitos por dengue e 19.133 casos da doença, sendo 18.752 autóctones. 

Vale destacar que o primeiro semestre de 2022 nem chegou ao fim e os números mais do que dobraram. Na Amurel, há 98 focos do Aedes aegypti: Gravatal (1); Imbituba (52); Jaguaruna (1); Laguna (2); Pescaria Brava (2); São Ludgero (25) e Tubarão (2). Das 18 cidades, duas são consideradas infestadas: Imbituba e São Ludgero. É importante frisar que além da dengue, o mosquito também é responsável pela transmissão da febre chikungunya e zika vírus. A melhor forma de evitar a doença é eliminando os reservatórios de água parada: desde uma pequena tampinha até pratos de vasos e pneus, por exemplo. “É importante que a população e os agentes municipais tenham consciência que a eliminação dos criadouros é fundamental. E é preciso que seja feita semanalmente a conferência desses locais”, atenta Ivânia Folster, gerente de zoonoses da Dive/SC.

Fonte: Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina e Prefeitura de Tubarão
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul