Quase 30 obras de arte já foram restauradas, entre viadutos e pontes, mais de cem placas foram substituídas e mais de mil elementos refletivos foram colocados pela CCR ViaCosteira ao longo do trecho que administra desde início agosto. É assim que tem sido a rotina de obras e manutenção dos colaboradores que estão à frente da rodovia.

Esses itens fazem parte dos trabalhos iniciais previstos em contrato, e têm como objetivo melhorar a trafegabilidade, o conforto e a segurança do usuário que se desloca pelo local.

Além disso, a concessionária já recolheu mais de 25 toneladas de lixo desde que iniciou os serviços de roçada, capina e recolhimento de materiais inutilizáveis.

A CCR ViaCosteira também está realizando correções emergenciais em alguns locais da pista e a restauração de pavimento em determinados pontos, que é quando acontece a troca do asfalto já existente. Serão 60 quilômetros de asfalto novo somente no primeiro ano de concessão.

Por conta disso, a CCR ViaCosteira reforça o pedido de cuidado aos usuários que utilizam a rodovia em seus deslocamentos diários. Os motoristas devem redobrar atenção, especialmente entre Capivari de Baixo e Passo de Torres, onde poderá haver interdição de pista entre às 7h e às 18h. Ao primeiro sinal, devem reduzir a velocidade.