O juiz tomou uma decisão sobre a mãe que obrigou seu menino de 3 anos e a irmã de 5 anos a comerem fezes do cachorro

Uma mãe obrigou seu menino de apenas três anos e sua menina de cinco anos extremamente desnutridos a comerem as fezes do cachorro. Os abusos cometidos por Mary Elizabeth Moore, 34 anos, contra seus filhos foram revelados em abril após uma denúncia anônima.

Ao chegarem na residência da família em Tulsa nos Estados Unidos, os policiais encontraram as crianças extremamente desnutridas. O caçula de três anos pesava apenas 8 quilos, enquanto sua irmã de cinco anos pesava somente 11 quilos.

O caso das crianças era tão extremo que elas precisaram ser encaminhadas diretamente para o hospital, onde tiveram que ser alimentadas por tubos nasogástricos. A menina de cinco anos depois revelou para os assistentes sociais que sua mãe obrigou ela e o irmão a comerem as fezes do cachorro. Os médicos depois de fato encontraram vermes nos intestinos das crianças provenientes de comer as fezes do cachorro.

A delegada que investigou o caso, Tracy Shaw, afirmou ao canal norte-americano News 4 que este foi o pior caso de negligência infantil que já viu em sua carreira. “Se alguém não tivesse denunciado o que estava acontecendo, os médicos me contaram que as crianças provavelmente iriam morrer em pouquíssimo tempo”, afirmou a delegada.

O julgamento de Elizabeth ocorreu na última sexta-feira (23/08) e a decisão do juiz veio à tona nesta terça-feira (27/08). Elizabeth fez um acordo com a promotoria e por isso não será presa pelo crime contra seus filhos. Contudo, ela perdeu a guarda das crianças, que estão sob os cuidados do conselho tutelar no momento.