A Forbes divulgou nesta terça-feira (5), uma lista com os maiores bilionários do mundo. Há 2.668 nomes no 36º ranking anual da revista com as pessoas mais ricas do planeta – 87 a menos do que há um ano. Eles valem US$ 12,7 trilhões – US$ 400 bilhões a menos do que em 2021.

Os Estados Unidos ainda lideram o mundo, com 735 bilionários no valor coletivo de US$ 4,7 trilhões, incluindo Elon Musk, que lidera a lista de bilionários do mundo pela primeira vez. O ranking brasileiro manteve Jorge Paulo Lemann (Ambev) na primeira posição, com uma fortuna avaliada em US$ 15,4 bilhões (R$ 71,71 bilhões).

Luciano Hang (Havan) é um dos destaques da lista, com crescimento de US$ 2,1 bilhões em relação ao ano anterior. O patrimônio da empresa cresceu cerca de 77,8% no último ano, para US$ 4,8 bilhões. O empresário subiu 588 posições no ranking global em relação a 2020.

 

Confira a relação brasileira completa abaixo, com a colocação na lista geral:

Jorge Paulo Lemann e família (Ambev): US$ 15,4 bilhões (117º)
Eduardo Saverin (Facebook): US$ 10,6 bilhões (185º)
Marcel Herrmann Telles (Ambev): US$ 10,3 bilhões (192º)
Jorge Moll Filho e família (Rede D’Or): US$ 9,8 bilhões (206º)
Carlos Alberto Sicupira e família (Ambev): US$ 8,5 bilhões (251º)
Irmão Safra (Banco Safra): US$ 7,7 bilhões (304º)
Lucia Maggi e família (Amaggi): US$ 6,9 bilhões (350º)
André Esteves (BTG Pactual): US$ 5,8 bilhões (438º)
Alexandre Behring (3G Capital): US$ 5,1 bilhões (536º)
Luciano Hang (Havan): US$ 4,8 bilhões (586º)

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: O Município