A dupla Tom e Ramon, de Braço do Norte, participou na última sexta-feira (3), um show pela internet. A live sertaneja solidária teve como objetivo de ajudar no tratamento de Mariah Ferreira da Silva, de 4 meses, que tem um neuroblastoma, um câncer na glândula adrenal entre o rim e o fígado. também para colaborar com a subsistência da família. Os pais da menina estão desempregados. Animaram o evento a dupla: Gledis e Geovani, Ramon Fernandes e Banda e, Hemilly Shmitd. Ramon apresentou o evento e Tom fez uma participação especial.

Conforme Pedro Ramon Manoel da Silva, o Ramon, a live teve mais de seis mil visualizações. “O evento pela internet foi bem bacana. Tivemos diversas manifestações de pessoas que queriam contribuir e ainda querem colaborar com as causas. Muitas pessoas já começaram a faze os depósitos. Acredito que vamos ter um resultado bem positivo”, comemora.

Antônio José da Silva Neto, o cantor Tom, é o pai da menina. Devido à pandemia ele não pode se apresentar com shows em eventos. “Com a pandemia da Covid-19, todos fomos afetados de alguma maneira. Esse é o momento de união, momento de ajudar o próximo para, em breve, voltarmos a vida normal, unidos novamente”, assegura Ramon.

Com uma boa estrutura consciente para evitar aglomeração e a vantagem de estar em um ambiente 100% ao ar livre, a banda cumpriu o distanciamento social essencial entre cada músico e a equipe. N cumprir todas as orientações e protocolo da OMS (Organização Mundial da Saúde) para realizar a live.

Os interessados em realizar doações podem realizar o depósito ou transferência bancária na agência 3078 da Sicoon Credivale, na conta: 20.987-2, em nome de Antônio José Silva Neto. Há também, a agência 1070, operação 023, na conta Caixa Fácil 2241-5, em nome de Antônio José Silva Neto.

Desde o fim de março, as transmissões ao vivo pela internet feitas pelos artistas durante o período de isolamento social por causa do coronavírus caíram no gosto dos moradores da região do Estado e do Brasil, como uma forma de passar o tempo para aliviar o tédio de não poder sair de casa. Músicos nacionais como Gustavo Lima; Jorge e Mateus, Bruno e Marrone, Marília Mendonça; Maiara e Maraísa; Zé Neto e Cristiano; Henrique e Juliano; Alexandre Pires, Péricles Raça Negra; Pixote; Luan Santana; Sandy e Junior já realizaram as suas.