#PraCegoVer Na foto, um homem com uma pá cava um buraco na terra. Ao fundo há uma escavadeira
Caso os moradores não providenciam a regularização, é possível que a água de seus esgotos retorne para dentro de suas casas, já que a atual rede será integralmente substituídas e, portanto, as conexões clandestinas serão removidas - Foto: Prefeitura de Laguna | Divulgação

A segunda etapa de pavimentação asfáltica da Avenida Colombo Salles, que liga o Laguna Internacional ao Centro Histórico de Laguna, chega agora na segunda semana de trabalhos. Neste momento as equipes executam a construção e substituição da drenagem pluvial da via. A antiga não comporta mais a quantidade de água e a substituição reduzirá significativamente os episódios de alagamentos causados pela chuva. Além da nova tubulação, são construídas novas caixas de passagem e bocas de lobo para auxiliar o escoamento. Contudo, uma questão preocupante tem se tornado rotineira no canteiro de obras: um grande número de ligações de esgoto doméstico estão irregularmente acopladas na rede de drenagem existente.

Os moradores e proprietários de espaços comerciais têm poucos dias para providenciar a correção do problema junto da Casan. Caso isso não seja feito, é possível que a água da rede de esgoto retorne para as tubulações dentro das casas, já que com a nova rede de drenagem, a antiga será removida e, portanto, as casas ficarão sem tubulação para o esgoto. Conforme a prefeitura, o cronograma de pavimentação não será afetado por conta disso. Após o assentamento da nova rede de drenagem pluvial, a obra seguirá para a etapa de pavimentação propriamente dita. A Avenida Colombo Salles é uma das mais importantes vias do município. Além do asfalto, o projeto prevê a construção de uma ciclovia em toda a extensão da estrada e é pago com recursos do Governo do Estado na ordem de R$ 2.798.888,77.

Fonte: Prefeitura de Laguna

Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul