A licitação prevê a reforma total do imóvel  -  Foto:Divulgação/Notisul
A licitação prevê a reforma total do imóvel - Foto:Divulgação/Notisul

Tubarão

Desde 1987 sem receber reformas, a revitalização da Casa da Cidade, em Tubarão, está próxima. Está aberta a licitação na modalidade tomada de preços visando a contratação de uma empresa para a restauração total do prédio.
Na reforma estão previstos os seguintes serviços: restauração de todas as esquadrias, forros, assoalhos de madeira, rebocos e ornamentos das fachadas, além da substituição total das instalações elétricas, troca de toda a estrutura em madeira e telhas, e revisão das calhas e descidas pluviais. Ainda serão colocados novos pisos e reboco interno das paredes no porão da edificação. A pintura interna e externa também está previstas no edital.

“Esta é a segunda casa mais antiga de Tubarão e tem um grande valor histórico para a cidade. O projeto foi totalmente desenvolvido pelas equipes da secretaria de urbanismo e, após a finalização dos trâmites do processo licitatório, a obra tem um prazo de quatro meses para ser finalizada”, explica o coordenador de urbanismo do município, Diego Moraes.

O valor está orçado em R$ 301.564,00 provenientes de recursos próprios da prefeitura. A sessão para tomada de preços ocorrerá no próximo dia 16, às 14 horas. O edital da licitação está no site da prefeitura.

Parte da história
Mais conhecido como Casa da Cidade, o palacete localizado na avenida Marcolino Martins Cabral, no Centro, foi construído em 1897 para uso residencial da família do coronel João Cabral de Mello. Ele foi intendente de Tubarão (prefeito) entre 1890 e 1910. Em 1984, o local foi restaurado e tombado como patrimônio histórico e cultural do município, recebendo o nome de “Casa Huberto Rohden”, em homenagem ao filósofo tubaronense.