Estrutura atual está interditada e será substituída por outra, no valor de R$ 900 mil

São Martinho

Até o fim do mês, o governo do Estado deve abrir a licitação para dar início à construção de uma nova ponte na cidade de São Martinho, no lugar de uma antiga estrutura, em madeira. Pelo menos esta é a promessa feita pela secretaria de Infraestrutura do Estado à prefeitura.

Orçada em cerca de R$ 900 mil, a nova ponte será em concreto, medindo 50 metros por 10 metros. “Uma reforma não valeria a pena. A ponte atual tem duas camadas de madeira, e a de baixo está podre”, afirma o vice-prefeito de São Martinho, Jerry Luiz Steiner.

Sem condições para receber o tráfego por causa de suas condições precárias, a ponte de madeira foi interditada há cerca de uma semana pelo Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), após conversa entre o órgão e representantes da prefeitura. A ponte está localizada no trecho da SC-436 que passa pelo bairro Pernambuco e liga o Centro da cidade às comunidades de Vargem do Cedro e São Luiz.

Enquanto a obra não sai do papel, o trânsito está sendo desviado pelo Centro, onde os motoristas devem cruzar uma ponte inaugurada semanas atrás, em dezembro passado.

Sinalização orienta desvios no trânsito
O vice-prefeito diz que o trecho está bem sinalizado para orientar os condutores e que transtornos ocorreram apenas nos primeiros dias de interdição. “A sinalização oferece bastante segurança. Vai valer a pena esperar um tempo até a nova ponte ficar pronta, já que a atual não tem mais condições de uso. É questão de segurança”, garante Steiner.

Para quem segue pela SC-436 vindo de Armazém, o trajeto deve ser desviado para o Centro de São Martinho. No caso dos motoristas que a cessam Vargem do Cedro por São Luiz ou São Bonifácio não há alterações. Se optar por seguir no sentido Vargem do Cedro-Armazém é preciso desviar também pelo Centro de São Martinho.