A prefeitura deu início à elaboração do processo de licitação para a construção da ponte sobre o rio Corrêa, na rua Sílvio Búrigo (Acesso Sul), que vai substituir a antiga estrutura condenada e interditada. Hoje, o tráfego de veículos pelo local é feito por meio de uma ponte de madeira com limite de peso de 10 toneladas.

A antiga ponte de concreto foi interditada pela Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil do município no dia 9 de junho, quando foram observados falhas nas duas cabeceiras. Dias depois a estrutura foi declarada irrecuperável. O laudo indicava que os danos possam ter sido causados pela enxurrada durante o forte temporal do dia 24 de maio.

O projeto de uma nova ponte foi encomendado pela prefeitura junto a um especialista em estruturas desse tipo. Agora, de posse do material, a secretaria de Urbanismo, Mobilidade e Planejamento elabora a planilha orçamentária com o cronograma de execução. A licitação deve ser lançada no fim deste mês ou início de novembro.

A construção da ponte será feita com recursos próprios do município. Enquanto a obra não é executada, a ponte provisória de madeira pode ser utilizada por veículos de pequeno e médio porte. Veículos com carga superior a 10 toneladas estão proibidos de trafegar pelo local, ficando sujeitos à multa. A alternativa, nesse caso, é entrar ou sair da cidade pela avenida Severiano Albino Corrêa ou rua São João.