Imbituba

 

Uma lei complementar municipal, sancionada nesta quinta-feira (28) pelo Prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, estabelece mudanças no trabalho que é prestado pelos taxistas do município. No documento, o Poder Executivo Municipal atende alguns pleitos antigos da categoria.

 

Entre as mudanças mais significativas estão, a troca da cor dos veículos para branca, a padronização gráfica dos táxis, bem como a possibilidade de transferência da permissão da prestação de serviços em caso de doença ou idade avançada do profissional.

 

“Essa lei nos dá oportunidades. Nós, a partir de hoje, já podemos fazer transferência de propriedade, coisa que antes nós não poderíamos. Isso é muito significativo. Sem contar que a lei também desobriga o taxista do pagamento do seguro obrigatório particular. Seguro esse que, para a maioria dos profissionais, é caro”, disse o presidente do Sindicato dos Taxistas de Imbituba, José Teixeira.

 

Para o prefeito Rosenvaldo Júnior, a reinvindicação dos taxistas é válida e merece o respaldo da lei. “Existiam obrigações que traziam custos aos taxistas e a gente está ajustando a lei para poder tornar o serviço mais acessível para eles e, ao mesmo tempo, garantir uma qualidade de atendimento melhor”, disse o chefe do Poder Executivo Municipal.