Wagner da Silva
Grão-Pará

As sessões itinerantes da câmara de vereadores de Grão-Pará devem continuar por muito tempo. Quem antecipa é o presidente do legislativo, Osni Souza Kulkamp (PSDB). Segundo ele, no modelo comum (quando as reunião ocorrem na câmara) a participação da população rural fica impossível. Muitos moram longe e não podem acompanhar o debate.

Com as sessão itinerantes, implantadas por Osni no seu primeiro mandato, há 12 anos, o cidadão tem a oportunidade de reivindicar e cobrar do vereador que elegeu as soluções aos problemas de sua comunidade.

“Nosso trabalho vai além de pedir o lastreamento de uma rua. Contudo, a discussão de leis precisa ser feita junto da comunidade, a qual representamos. E justamente por entender isso, os colegas concordaram em continuar com as sessões itinerantes”, valoriza Osni. A ideia é levar a câmara para uma comunidade diferente a cada dois meses.

Devolução
A câmara de vereadores de Grão-Pará economizou R$ 40 mil no primeiro semestre deste ano. O dinheiro foi devolvido para os cofres públicos e será investido na recuperação do maquinário.