Wagner da Silva
Braço do Norte

A câmara de vereadores de Braço do Norte inicia o ano coma avaliação dos investimentos. Sem dívidas – a sede própria foi quita em 2009 – a programação está focada em melhorias ao acesso para atrair mais público às audiências.
Entre as prioridades para 2010, o auxílio para o Hospital Santa Teresinha (HST) é a primeira da lista. O repasse – que deverá somar R$ 90 mil este ano – foi suspenso em 2009 por conta do pagamento da sede própria.
A reforma e ampliação do plenário é a segunda meta. O objetivo é ter uma boa estrutura para acomodar mais pessoas e ter maior visibilidade durante as sessões. Também é discutida a compra de um novo veículo para o legislativo. O atual está com mais de 300 mil quilômetros rodados.

Paralelamente, o vice-presidente do legislativo, Laércio José Michels Junior (PSDB) – ele deverá assumir a presidência este ano, no lugar do vereador Ronaldo Fornazza (DEM) – tem em mente o desenvolvimento de dois projetos para beneficiar a população. Uma delas é disponibilizar leis, ata das sessões e outros dados pela internet. Para ele, desta forma a população terá maior interesse pelas ações da câmara. “A evolução digital já faz parte do nosso dia-a-dia. Porque não pode chegar à câmara e contribuir para acelerar a busca por informações?”, justifica Laércio, em forma de indagação.

Hoje, os documentos da câmara estão disponíveis apenas na forma impressa, o que dificulta bastante a busca. A outra proposta a ser apresentada por Laércio ainda depende de um levantamento de custos: a utilização de notebooks ou similares durante as sessões. Laércio acredita que com isso o papel será substituído e o excesso de cópias de documentos eliminados. “Ainda vamos analisar a viabilidade desta idéia. Mas acredito que seja possível”.