Priscila Alano
Laguna

A vereadora Jussalva Mattos (PSB), a Nega, de Laguna, aguarda o julgamento do recurso interposto por ela junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), onde a parlamentar pede a suspensão da liminar que cassou seu mandato. O documento foi expedido em abril. A vereadora, no entanto, deveria aguardar o recurso fora do cargo, mas até hoje não foi intimada a deixar a vaga em favor do suplente da coligação PSB-PT (neste caso o petista José Ramos (PT), o Zezo).

Os advogados de Nega, Mauro Antônio Prezottto e Amarildo de Mello, acompanham o caso da vereadora. “Eles entraram com um pedido de efeito suspensivo da liminar. Assim, continuo no cargo até o julgamento do recurso”, detalha a parlamentar.

Em abril deste ano, a ministra Carmem Lúcia Antunes Rocha derrubou a liminar que garantia a permanência de Nega no legislativo. Em janeiro do ano passado, a vereadora já havia sido impedida de tomar posse por conta da perda do registro da candidatura. Ela é acusada de comprar votos nas eleições de 2008. Porém, ela conseguiu uma liminar e assumiu a vaga na câmara.