Foto: Reprodução

O laudo pericial do Instituto Geral de Perícias (IGP) concluiu que a causa da morte da adolescente foram os ferimentos das facadas juntamente com a inalação de fumaça, proveniente do incêndio.

De acordo com a perícia, a menina de 13 anos ainda estava com vida quando o pai colocou fogo na casa e fugiu. O crime aconteceu em 13 de agosto, Alexia e outro irmão foram esfaqueados, o menino foi atingido no joelho e ela teve ferimentos mais graves e não conseguiu sair a tempo. A adolescente foi encontrada na cozinha da casa e tentou salvar o irmão antes de cair.

Alex Zuchinali (39 anos) foi preso em flagrante na manhã seguinte e até o momento não apontou a motivação dos crimes. Ele atacou os seis filhos. Em depoimento relatou à polícia que estava cozinhando e não se lembra do crime.

Ele é usuário de drogas e estava completamente alterado quando foi preso na própria casa onde cometeu o crime.

Alex foi encaminhado ao Presídio Regional de Criciúma, no bairro Santa Augusta e deverá responder por feminicídio, da própria filha, tentativa de feminicídio contra as outras duas filhas, tentativa de homicídio contra os três filhos e incêndio criminoso. As crianças estão sob a guarda de familiares.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul