A Atec auxiliará a Combemtu na montagem do curso.
A Atec auxiliará a Combemtu na montagem do curso.

Tubarão

No próximo ano, será implantado na Combemtu, em Tubarão, o Ateliê de Aprendizagem em Tecnologia da Informação. O objetivo é nobre: ensinar adolescentes desde a informática básica, programação até webdesign.
O projeto, idealizado este ano, será financiado pela Fundo da Infância e Adolescência do município (FIA) pelos próximos dois anos, no valor de R$ 100 mil. A iniciativa é da empresa Branet, integrante da Associação de Tecnologia da Informação (Atec). Eles deram assistência para formulação do projeto.

Hoje, a mão-de-obra é escassa na área. “A ideia que mobiliza a execução do projeto é a que existem jovens talentosos, mas, em virtude de suas limitadas condições socioeconômicas e acesso precário às políticas sociais, tornam-se anônimos e suas potencialidades não são percebidas ou estimuladas”, explica Sonio da Rosa Scheper, diretor da Branet Tecnologia.

Para a presidenta do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maria Apolinária Lardiszabal, o mérito do projeto está no seu caráter inovador e na perspectiva de inclusão social.
Inicialmente, serão selecionados 20 jovens com idade entre 14 e 18 anos, de ambos os sexos. Os módulos estimularão o desenvolvimento da criatividade e despertarão a cidadania. Toda a assessoria para implantação do estúdio de aprendizagem será realizada por um grupo de empresários da Atec.