A jovem Lara Bittencourt, de 20 anos, de Capivari de Baixo, faz uma campanha para arrecadar dinheiro e comprar uma prótese para a sua perna direita. No próximo mês, Lara fará uma cirurgia para amputar parte do membro. O procedimento será feito pelo SUS, mas o preço da prótese é muito alto e a família não tem como pagar.

Assim, a jovem criou a campanha “Caminhando com Lara” para arrecadar R$ 110 mil, destes, 90 mil para a compra da prótese e o restante para o pós operatório como: fisioterapia e adaptação.

Em uma live com feita com o Batman do Brasil, ela explica o porquê do valor da prótese ser tão alto. “A perna não tem memória muscular, porque estou há muitos anos sem andar”.

Lara tem um tumor dismoide que iniciou no calcanhar e conforme fez as cirurgias, o tumor subiu e hoje está acima do joelho. Ela tenta tenta tirar desde os 9 anos . Já passou por fisioterapias, quimioterapias, radioterapias, cirurgias e nenhum sucesso.

Este tipo de tumor geralmente é considerado benigno, ele não se espalha pelo resto do corpo, mas é difícil de remover porque compromete os órgãos e estruturas internas do membro e acaba se tornando agressivo, por isso, é tratado como câncer.

“Fiquei com várias sequelas e nunca pude andar normalmente. No momento não há tratamento somente amputação. Peço ajuda para a compra da prótese, que vai me ajudar a andar e proporcionar uma qualidade de vida”, assegura.

Lara diz que sente muito medo de encarar o procedimento, mas ao mesmo tempo está esperançosa com a nova vida. Ela encara tudo com a ajuda de profissionais e o apoio da família e amigos. Em um vídeo gravado no Facebook a jovem conta um pouco mais da sua história. “Tudo está acontecendo muito rápido e isso assusta. Mas sempre fui uma pessoa esperançosa e sei que amputar a perna será para o meu bem”, finaliza.