#Pracegover foto: na imagem há diversas pessoas e um telão
#Pracegover foto: na imagem há diversas pessoas e um telão

Outubro é o mês mundial de conscientização sobre câncer de mama. Em todo o mundo ocorrem ações informativas e preventivas sobre o tipo de câncer que mais acomete as mulheres.

O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Pensando nisso o fotógrafo e palestrante, Jean Habkost, organizou uma palestra nas escolas sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.

“O projeto teve inicio por causa do processo do câncer que enfrentei com minha mãe em 2018. Vendo as dificuldades que ela passou, pensei que poderia ser feito algo para ajudar outras mulheres também, ajudando com autoestima e alegria a superarem essa fase tão delicada, sobre tudo durante a quimioterapia. O projeto em si, é também minha forma de agradecimento, visto que ocorreu tudo bem com minha mãe no tratamento”, expõe.

Além das palestras realizadas em unidades de ensino em Tubarão e Criciúma, o fotógrafo e palestrante de Jaguaruna fez inúmeras exposições sobre câncer de mama com fotos em diversas cidades da região Sul. “Quanto a exposições, o ponto chave é a intervenção em um espaço físico. Se paramos para pensar, a fotografia atual não existe, ela é apenas um dado digital em nossos computadores e celulares. Então materializar as imagens e leva-las a um espaço publico, é justamente dar vida a tudo isso”, pontua.

Ele esclarece que as exposições em geral ficam o mês todo de outubro, levando não só consciência a mais pessoas, mas também celebrando a vida de todas as mulheres que participam como modelos, pois todas em geral superam o câncer. “Embora tenhamos recebido convites para expor esse ano, decidimos deixar em standby esse Outubro de 2021 por causa da pandemia nos exigir certos cuidados ainda, impedido assim de termos um evento de inauguração que faça jus a luta. As meninas merecem algo especial nesse dia, e não seria possível fazer nos espaços oferecidos”, destaca.

Jean conta que está levando voluntariamente o projeto para as escolas que aceitarem a proposta. “Uma palestra, onde contamos toda a história do projeto nesses quatros anos. A ideia central é alcançar uma faixa etária jovem. Um publico novo, que também se identifica com a fotografia e possam desde cedo terem acesso a informação. Conhecimento previne, e prevenção salva vidas… É melhor prevenir do que remediar, já dizia o ditado”, enfatiza.

O movimento Outubro Rosa surgiu na década de 1990 com o objetivo de alertar a sociedade quanto a importância da detecção precoce do câncer de mama, que é um dos tipos de câncer que mais acomete mulheres no Brasil e no mundo, correspondendo a 25% dos novos casos de câncer por ano, conforme o INCA.

A doença é mais comum a partir dos 35 anos e com o avançar da idade o risco cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Os homens também podem ser acometidos pelo câncer de mama, de forma mais rara, representando apenas 1% do total de casos da doença. O aumento dos casos de câncer de mama fez o movimento ganhar força no decorrer dos anos e a cor rosa é utilizada durante todo o mês de outubro em várias cidades do mundo para chamar a atenção da sociedade para a causa.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul