Braço do Norte

Os professores Bruno Brunello e Di Gaetano, do Instituto Giuseppe Maffiolli de Castelfranco, estiveram em Braço do Norte durante a semana. O instituto tem parceria com a Unisul e o governo de Santa Catarina, através do Projeto For.TE, que consiste na educação em gastronomia e turismo rural. Desde 2005, a Unisul testa um lote de duas mil mudas de uvas vindas da Itália, plantadas na região e no campus da universidade em Braço do Norte.
O professor de vitivinicultura Di Gaetano esteve em visita à unidade para acompanhar o resultado dos 30 tipos de uvas em teste.

“No próximo ano, faremos o primeiro experimento com tecnologia italiana na cidade. Em 2010, devemos ter a primeira produção de vinhos italianos no município”, afirmou Gaetano.
O secretário de desenvolvimento econômico e turismo da prefeitura de Braço do Norte, César Borges, em junho do ano passado, conseguiu com a Unisul, através da coordenadora da faculdade de turismo, professora Valdirene Campos, um curso gratuito na área de empreendedorismo no meio rural da região sul.

Houve 42 inscritos e, ao fim do curso, 15 viajaram à Itália, em novembro, para buscar experiências com a prática e complementar os conhecimentos adquiridos.
O trabalho desenvolvido em 2007, segundo Borges, resultará no melhor preparo do homem do campo para que tenha estímulo na sua propriedade, com produtos com valor agregado, ou investindo com pesque-pague, restaurantes, pousadas e empreendimentos que visam à diminuição da evasão para grandes centros.

“O planejamento de diminuição do plantio de fumo coloca esta alternativa como importante aos produtores”, ressalta. O prefeito Luiz Kuerten (PP), que apoiou a iniciativa, recebeu o professor Brunello e presenteou-lhe com a bandeira do Brasil em reconhecimento à parceria.