O primeiro-ministro da Itália Giuseppe Conte anunciou a extensão da área de quarentena para todo o país, em razão do surto do novo coronavírus. Haverá restrições para reuniões públicas, incluindo todos os eventos esportivos, que estarão suspensos. 

O país, de cerca de 60 milhões de habitantes, já registrou mais de 9,1 mil casos, com 463 mortes. Depois da China, a Itália é o principal foco da doença no mundo. 

Sob quarentena, as pessoas poderão apenas sair viajar a trabalho ou para emergências familiares. Em seu pronunciamento, Conte afirmou que a melhor coisa para os cidadãos italianos neste momento é permanecer em casa. 

A Itália já havia colocado em quarentena a região da Lombardia, no Norte, onde ocorreu o primeiro surto do novo coronavírus no país.