Foto: Chris Helgren | Reuters

O Projeto de Lei (PL) 5.149 de 2020, que prorroga a isenção do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) na aquisição de automóveis de até duas mil cilindradas foi sancionado pelo Governo Federal.

A medida, no entanto, só é válida para motoristas profissionais, como taxistas e motoristas de aplicativos, e para pessoas com deficiência física, visual, auditiva e mental severa ou profunda e com transtorno do espectro autista.

A prorrogação da isenção do IPI na compra de veículos novos valerá até 31 de dezembro de 2026. O benefício vale para a aquisição de veículos de até R$ 200 mil, incluídos os tributos incidentes. Anteriormente, esse limite era de R$ 140 mil.

O trecho que ampliava a isenção para incluir acessórios que não sejam de fábrica foi vetado. Hoje, apenas os acessórios e opcionais que sejam de fábrica são beneficiados pela isenção.

O dispositivo foi vetado com o argumento de que não foi feito o cálculo do impacto econômico financeiro, nem foram apresentadas medidas compensatórias.

 

Com informações da Agência Brasil

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul