Zahyra Mattar
Laguna

Devido ao prazo eleitoral, a ordem de serviço para o início da pavimentação da SC-100, entre a balsa de Laguna e o Camacho, em Jaguaruna, mais um ramal para o Farol de Santa Marta, será assinada em novembro. A previsão é do secretário de desenvolvimento regional em Laguna, Mauro Candemil (PMDB).

“Ainda não agendamos uma data porque dependemos do governador. Mas isso é o que menos importa. A obra é fato concreto e a teremos ainda neste ano”, comemora Candemil. Ao todo, três licitações são feitas simultaneamente.

Na primeira, para a elaboração do plano básico ambiental, duas empresas foram habilitadas. Na outra, para a supervisão e fiscalização da obra, outras duas concorrentes pleiteiam a vaga. Na terceira, a execução propriamente dita, dez empresas participam.

No momento, a comissão de licitação faz a análise técnica de cada concorrente. “Este é o passo onde é verificada a capacidade de cada concorrente em executar aquilo que propõe cada edital. O terceiro passo é a análise das propostas financeiras. Os envelopes devem ser abertos esta semana”, antecipa Candemil.

A licitação tem valor máximo de R$ 24.359.739,77 e já prevê as condicionantes ambientais. Conforme estimativa do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), é previsto que as concorrentes trabalhem com um desconto entre 10% e 15% sobre este montante. Com isso, o custo da obra deverá ficar entre R$ 21 milhões e R$ 22 milhões.

O projeto
A pavimentação da SC-100, no trecho entre a balsa, em Laguna, e a divisa do município com Jaguaruna, compreende uma extensão de 15,54 quilômetros. Esta parte será asfaltada e serão executados ainda a elevação do leito da estrada em mais de um metro de altura, acostamento lateral, pista multiuso para pedestres e ciclovia com 2,5 metros de largura de um lado e de 1,5 metro do outro. O ramal para o Farol de Santa Marta tem 2,280 quilômetros de extensão e será pavimentado com paralelepípedos. Toda a obra compreende serviços de drenagem.

Prazos
Após a abertura dos envelopes com as propostas financeiras, um prazo para eventuais recursos (cinco dias úteis) é dado para, depois, a vencedora ser anunciada. Isto deverá ocorrer já no próximo mês.

A interpraias
A SC-100, tanto os 17,820 quilômetros entre a balsa de Laguna e o Camacho, em Jaguaruna, quanto o ramal para o Farol de Santa Marta, é um dos trechos integrantes de um projeto muito antigo do governo do estado: a efetivação da chamada rodovia Interpraias. O projeto visa interligar o litoral sul catarinense por uma rodovia turística, entre Laguna e Passo de Torres, na divisa com o Rio Grande do Sul.

A estrada do Camacho, como ficou conhecida o trecho da SC-100 que corta a comunidade pesqueira de Jaguaruna, também integra este projeto.
A obra foi inaugurou em outubro do ano passado. Não há previsão de quando o projeto da Interpraias será totalmente implantada.

Paralelepípedos
A novidade da obra da SC-100, em Laguna, fica por conta do ramal ao Farol de Santa Marta. Os poucos mais de dois quilômetros a serem pavimentados serão feitos com paralelepípedos, e não com asfalto. Segundo o Deinfra, a troca de material deu-se em função das condicionantes ambientais, que elevaram muito o custo da obra.