Tubarão

Parte dos integrantes da missão tubaronense que esteve em Israel na última semana concedeu ontem,  no auditório da Associação Empresarial de Tubarão (Acit), uma entrevista coletiva para falar sobre projeções e encaminhamentos da viagem. O prefeito Joares Ponticelli e o secretário de Desenvolvimento Econômico Giovani Bernardo falaram sobre a missão que tratou, entre outras coisas, da parceria de cidades-irmãs com Rehovot, um dos roteiros da missão oficial.

Planejada para encaminhar benefícios na área da Saúde a partir da concepção do Centro de Inovação, que está em fase de conclusão, a missão a Israel foi pensada em 2013. “Eu era presidente da Assembleia Legislativa naquela época quando o Governo do Estado anunciou a criação dos 12 centros de inovação em várias cidades e não contemplava Tubarão. Fizemos um movimento e a cidade entrou na lista das que receberiam esse equipamento. Já naquele período se pensava em uma missão a Israel, pois Tubarão começava a fortalecer a vocação para a Saúde. E Tubarão agora ficou conhecida naquele país e as primeiras ações podem começar a partir da parceria com Rehovot”, destacou o prefeito.

Elogiada pelos integrantes da missão, a praticidade israelense logo estará envolvida com a prefeitura para o acordo de cidades-irmãs com Rehovot. Segundo Giovani Bernardo, a formalização de parceria passa pela elaboração de rascunhos de ambas as partes que depois ganharão os devidos ajustes até a conclusão do acordo bilateral.

“Além de buscar potenciais investimentos para a cidade, pudemos conhecer a tecnologia que é desenvolvida e que pode ser trazidas para a geração de negócios. Foi uma agenda muito positiva, contando com efeitos colaterais como a articulação para realização de um evento de inovação em saúde nos mesmos molde daquele que visitamos, além de empresários que já demonstraram interesse em fazer negócios com a cidade. Esse é um processo que não é de curto prazo, nós iniciamos tratativas e conversas com empresários e entidade que podem gerar frutos, mas que podem demorar mais do que gostaríamos. O importante é que Tubarão está no mapa e saímos na frente nesse contexto”, destacou o secretário.

Participaram na coletiva os empresários Edson Martins Antônio (Acit), Nei Fava (Pró-Vida) e Jailson Mendes (Lenke) e, a pesquisadora Fabiana Schuelter Trevisol (Unisul).