Integrando a programação da Semana do Meio Ambiente, o Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), lança nesta segunda-feira (7) o Programa de Voluntariado em Unidades de Conservação Estaduais. O objetivo é potencializar a capacitação dos cidadãos interessados em atuar na questão ambiental, e permitir maior interação da sociedade com os recursos naturais do estado.

A participação no Programa de Voluntariado em Unidades de Conservação se dará por meio de edital, demanda espontânea ou em mutirões organizados para o desenvolvimento de ações específicas. Entre as funções que serão desenvolvidas pelos voluntários, presenciais ou à distância, destacam-se a prestação de informações aos visitantes; auxílio e/ou desenvolvimento de projetos de educação ambiental e pesquisa; colaboração na manutenção de trilhas e instalações; contribuição na implementação de projetos de manejo das unidades de conservação; identificação de possíveis focos de incêndio e outros incidentes, bem como fazer parte de grupos de resgate e/ou combate a incêndios; participação em ações de recuperação de áreas degradadas e controle de espécies exóticas invasoras, entre outras.

Há duas formas de participar: o interessado pode procurar a Unidade de Conservação ou o gestor da UC tem competência para criar edital estabelecendo os trabalhos a serem desenvolvidos. Além disso, para atuar no Programa é necessário:

a) Ter no mínimo 18 anos de idade e estar em dia com suas obrigações legais;

b) Ter aceito convite para participar de atividades pontuais e nos casos de edital de chamamento, ter sido aprovado pela coordenação da unidade de conservação;

c) Assinar Termo de Responsabilidade;

d) Assinar o Termo de Adesão ao Serviço Voluntário.

Os interessados poderão candidatar-se ao Programa nas seguintes modalidades:

I – Individualmente para atuar em unidades de conservação;

II – Em mutirão para o desenvolvimento de atividades pontuais específicas.

A adesão do Voluntário é espontânea e gratuita, não gerando qualquer vínculo trabalhista ou previdenciário com o IMA.

Ao IMA compete direcionar os trabalhos a serem desenvolvidos e, quando necessário, capacitar os voluntários; promover encontros, seminários ou palestras; emitir certificado referente ao desenvolvimento das atividades do voluntário, bem como emitir carta de apresentação, etc.

Para o presidente do IMA, Daniel Vinícius Netto, o Programa de Voluntariado é uma possibilidade de maior contato da população com o meio ambiente e um maior envolvimento com a preservação dos recursos naturais. “O Programa buscou facilitar o acesso dos interessados com flexibilização das áreas e formas de atuação, sem exigência de escolaridade e pouca documentação. Isso para permitir que aqueles que desejam contribuir com a natureza possam fazer a sua parte, colaborando para a construção de um futuro melhor para essa e para as próximas gerações”.