Encontro ocorreu ontem, em Florianópolis, e contou ainda com a intermediação da secretária de justiça e cidadania, Ada De Luca, e do gestor adjunto na pasta da saúde, Acélio Casagrande  -  Foto:Denise Lacerda/SJC/Divulgação/Notisul
Encontro ocorreu ontem, em Florianópolis, e contou ainda com a intermediação da secretária de justiça e cidadania, Ada De Luca, e do gestor adjunto na pasta da saúde, Acélio Casagrande - Foto:Denise Lacerda/SJC/Divulgação/Notisul

 

Jaguaruna
 
Representantes do Hospital de Caridade de Jaguaruna reuniram-se ontem com o secretário estadual de saúde, Dalmo de Oliveira, para requerer maior agilidade no pagamento de Autorizações de Internação Hospitalar (AIHs) atrasadas e a revisão nos valores repassados pelo governo catarinense no atendimento da emergência.
 
O hospital tem mais de 60 anos é o único no município. Conforme o diretor da instituição, Márcio Cabral Schmitz, são mais de 1,4 mil atendimentos somente no setor emergencial. O secretário assegurou que dará o encaminhamento para tentar atender a solicitação com rapidez.
 
Além da diretoria da instituição de Jaguaruna, o encontro também contou com a presença de representantes do Hospital São Roque, de Morro da Fumaça. O diretor clínico e administrativo da entidade, José Luiz Maurício Pereira, solicitou maior agilidade na liberação do recurso à construção da ala de psiquiatria. 
 
O projeto, já aprovado, está orçado em R$ 750 mil e prevê a abertura de 26 leitos ao setor. O São Roque é um dos maiores hospitais da região que atende pelo SUS. São 107 leitos com uma média de 1,8 mil consultas/mês e 190 internações.