No relatório, consta que os cães são bem alimentados
No relatório, consta que os cães são bem alimentados

 

Karen Novochadlo
Laguna
 
Em breve, o Canil Municipal de Laguna poderá voltar a recolher animais. Na última semana, o local foi inspecionado pela Polícia Militar Ambiental. Uma das reivindicações do órgão foi a construção de um alambrado, para separar os cães de outros bichos. 
 
Na última sexta-feira, a cerca começou a ser construída e deve ser encerrada hoje. Assim que estiver pronta, a polícia fará uma nova visita e encaminhará um relatório final à juíza Lara Maria Souza da Rosa Zanotelli, da vara cível de Laguna. “Eles viram que os animais estavam bem alimentados e são medicados”, conta a veterinária do canil, Juliana de Medeiros.
 
O Canil Municipal tem capacidade para 100 cachorros. Hoje, abriga 33. Doze deles estavam com sarna e recuperaram-se. “O pelo já está crescendo e eles só estão separados dos demais por precaução”, conta Juliana.
O espaço foi proibido de receber cães após as denúncias de maus tratos, feitas pela Sociedade Lagunense de Proteção aos Animais (Solpra), no começo deste mês.
 
De acordo com os integrantes das ONGs, no local estariam animais feridos e doentes. A secretaria de saúde da prefeitura alega que os cães já não estavam bem de saúde quando foram recolhidos.