Tubarão

 

Um erro na classificação dos candidatos a servidores admitidos em caráter temporário (ACTs) atrasará o início do ano letivo nas escolas e creches municipais de Tubarão. A empresa contratada para realizar o concurso, a Faepesul, não considerou alguns títulos de pós-graduação e mestrado na elaboração do resultado. Uma nova lista será divulgada em breve. 
 
De acordo com a secretária de educação da prefeitura, Rosimeri da Cunha Galvani, ainda não há previsão de quando será possível reiniciar as aulas, o que deveria ocorrer no próximo dia 7. 
 
Na última segunda-feira, a Faepesul divulgou uma lista de classificação onde só considerava os pontos obtidos. Entretanto, com este resultado, a secretaria de educação chegou a iniciar, terça-feira, o processo de escolha de professores para vagas de alfabetização e educação infantil.
Contudo, quarta-feira, foi divulgada uma outra classificação pela Faepesul, com resultados  diferentes. Os próprios candidatos alertaram a secretária que os nomes não conferiam. Participantes com nível médio estavam classificados junto aos de mestrado. Alguns títulos de pós-graduação não foram considerados. 
 
A Faepesul divulgou em seu site (http://www.faepesul.org.br/concursos) uma nota onde reconhece erros ao lançar a primeira lista e as distorções na classificação final dos candidatos. Uma reavaliação dos documentos e títulos já está em andamento. A classificação da prova escrita está mantida. Após a publicação da nova listagem, será concedido novo prazo de recurso administrativo aos candidatos.
 
Sem previsão para o  início das aulas
Como não existe previsão para a divulgação de uma nova lista classificatória, a secretaria de educação da prefeitura não marcará, por enquanto, uma data para contratação dos novos professores ACTs, nem para o reinício das aulas.
Entretanto, todos os servidores efetivos da área de educação voltarão ao trabalho na próxima terça-feira. A partir desta data, a secretaria também voltará a funcionar em dois períodos, com um sistema de rodízio de servidores.
Segunda-feira, haverá reunião com todos os diretores de escola. Quarta, a partir das 14 horas, no Centro Integrado de Artes da Unisul, uma palestra motivacional reunirá todos os servidores das secretarias de educação e de saúde. O palestrante será o professor João Carlos de Oliveira, de Curitiba.