Tubarão

Reduzir os impactos sanitários e ambientais resultantes dos serviços de saúde é um grande desafio para os hospitais no mundo todo. Por isso, é importante reconhecer as principais iniciativas que visam promover a sustentabilidade nessas instituições. E o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, iniciou o ano sendo um dos grandes vencedores da premiação internacional Health Care Climate Challenge Champion Awards 2017 (Campeões do Desafio a Saúde pelo Clima, em português), recebendo o troféu na categoria “Resiliência Climática”. O prêmio foi promovido pela Global Green and Healthy Hospitals, uma rede que reúne cerca de 36 mil hospitais em 56 países – representada, no Brasil, pelo Projeto Hospitais Saudáveis – e recebeu inscrições de 24 projetos de instituições de saúde de todo o mundo.

O projeto apresentado pelo HNSC mostra as iniciativas de modernização da estação de tratamento de esgoto que a Instituição, administrada pela Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC), adotou ao longo dos últimos dois anos. Para reduzir emissões de poluentes, o Hospital também reutiliza vapor condensado para usar na lavanderia e na cozinha, capta água da chuva para utilização em banheiros e faz uso da instalação de painéis solares.

O HNSC, que já é o maior hospital em número de leitos de Santa Catarina, ampliou sua estrutura em 2018. Os resultados das ações de sustentabilidade foram positivos, conforme aponta o Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) elaborado anualmente pela Gerência de Engenharia e Sustentabilidade da ACSC. Esse documento permite o mapeamento das fontes de emissão de gases da Instituição, o que facilita a tomada de medidas para reduzir o dano causado ao meio ambiente.

Seminário Hospitais Saudáveis 2018
Em dezembro, o Hospital Santa Catarina (HSC), de São Paulo (SP), também administrado pela ACSC, foi sede do Seminário Hospitais Saudáveis, de promoção da saúde pública e ambiental. Todos os anos, o evento oferece o Prêmio Amigo do Meio Ambiente, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, que reconhece as instituições comprometidas com a causa. Nesta edição, o tema foi “Compras Sustentáveis: Consumo Consciente e Eficiente na Saúde”, e foram inscritos 81 projetos de organizações de saúde públicas e privadas, de todos os portes, sediadas em 11 estados brasileiros.

Do total de projetos, somente 15 dessas instituições integraram a seleta lista dos premiados, e os hospitais Santa Catarina (HSC) e Madre Regina Protmann (HMRP), em Santa Teresa (ES), estiveram entre eles. O HSC foi reconhecido pelo “Plano de Gerenciamento de Tecnologias Médicas”, da Engenharia Clínica da Instituição. Já o HMRP recebeu o prêmio pelo projeto “Educa Mais – Descarte Consciente”.

Otras Casas da ACSC também apresentaram seus projetos e receberam um Certificado de Menção Honrosa.

Sobre a Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC)
Com mais de 120 anos de atuação no Brasil, a Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC) é responsável pela administração de 23 entidades em três segmentos de atuação: Educação, Saúde e Assistência Social. A ACSC criou um modelo de negócio no qual a totalidade do superávit, após satisfeitas as necessidades de investimentos e segurança financeira, é destinada para obras sociais, a fim de executar dignamente suas atividades e acolher cada ser humano na sua integralidade, conciliando eficácia organizacional, compromisso com as necessidades das comunidades e valores cristãos. Ao todo, são mais de 13.000 colaboradores distribuídos em diversas instituições de saúde, mantendo inúmeros estabelecimentos de ensino e acolhendo crianças, adultos e idosos em espaços assistenciais, com atendimento humanizado e serviços de qualidade para milhares de pessoas em seis estados brasileiros (Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo). Atualmente, na área de educação, as instituições da ACSC oferecem ensino de qualidade a mais de 4.800 alunos, sendo 22% deles bolsistas. As entidades de saúde atendem mais de 630 mil pacientes/dia no ano e possuem 74% dos serviços conveniados ao SUS. Na assistência social, mais de 700 beneficiários são atendidos nas entidades.