A nova unidade será construída em terreno de oito mil metros quadrados, próximo à BR 101 e da nova rodoviária, doado pela prefeitura de Capivari de Baixo  -  Foto:Prefeitura de Capivari de Baixo/Divulgação/Notisul
A nova unidade será construída em terreno de oito mil metros quadrados, próximo à BR 101 e da nova rodoviária, doado pela prefeitura de Capivari de Baixo - Foto:Prefeitura de Capivari de Baixo/Divulgação/Notisul

 

Capivari de Baixo
 
Uma das obras mais aguardadas em Capivari de Baixo começou a ser executada nesta semana, A nova unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) será realidade ainda este ano. Ontem o prefeito Luiz Carlos Brunel Alves (PMDB) conferiu de perto a instalação da proteção que envolverá toda a futura estrutura.
 
“A implantação da escola vai suprir não somente a falta de mão-de-obra qualificada no município, mas da região também. Serão 500 novas vagas para quem deseja capacitar-se. A antiga unidade do centro já não comportava a demanda de alunos e de cursos”, valoriza Brunel.
 
Para ele, a nova sede do Senai significa a possibilidade de mais jovens capacitados e melhor preparados para o mercado de trabalho e também para o primeiro emprego.
 
Com o investimento, que totalizará R$ 7 milhões (na obra física e em móveis e equipamentos), o Senai passará a ocupar uma sede própria com 3,36 mil metros quadrados, quatro vezes maior do que a atual estrutura, que funciona em um prédio cedido pela prefeitura. 
 
Na ampliação, o número de salas de aula passa de três para sete. Ao todo, serão nove laboratórios didáticos. Hoje existem os de eletricidade, mecânica e solda e caldeiraria.
Com a ampliação, serão abertos também os laboratórios de geração de energia, hidráulica e pneumática, manutenção de computadores e costura industrial. As obras são assinadas pela empresa Ramsés Engenharia, vencedora da licitação.