Carolina Carradore
Tubarão

O sol veio e ficou nos últimos três dias. Bom para a secretaria de desenvolvimento urbano da prefeitura de Tubarão, que aproveitou para colocar o cronograma de recuperação das estradas, danificadas pelas chuvas no último mês, em dia.

Ontem, os trabalhos foram realizados entre as ruas Manoel Fernandes e Felipe Manoel Teixeira, trecho que liga os bairros Congonhas e Santa Luzia. Há mais de uma semana, nem ônibus passava pelo local, devido ao estado caótico das estradas. “Com as obras de patrolamento e recuperação de bueiros, o tráfego já flui normalmente”, garante o secretário de desenvolvimento urbano, Nilton de Campos.

No fim da rua Manoel Emerick, em Oficinas, o patrolamento realizado ontem deu melhores condições de acesso aos moradores. As equipes de trabalho da secretaria não tiveram folga nem no fim de semana. No sábado o serviço ficou concentrado na rua João Bristot, no bairro São Raimundo. Foram retirados o excesso de lodo e colocado seixo (material semelhante a pedra) para nivelar a estrada.

É estimado um gasto de pelo menos R$ 3 milhões para, no mínimo, amenizar a situação das ruas danificadas pelas chuvas. “Fazemos o possível. É preciso de três semanas sem um pingo de chuva para continuarmos o cronograma de recuperação”, prevê Nilton
Hoje, a programação da secretaria é patrolar cerca de dez quilômetros da estrada geral do Caruru até o início do bairro São Martinho, rua Tenente João Luis Maus, no Andrino, e outras estradas no bairro São João-ME.

Parceria

A prefeitura de Tubarão espera firmar, em breve, uma parceria com a Unisul para tentar amenizar os problemas de infraestrutura causados pelo mau tempo. A universidade estuda a possibilidade de realizar para o município, um mapeamento mais aprofundamento das áreas de risco de Tubarão, além de um trabalho de monitoramento do rio. A informação é do diretor da Defesa Civil do município, José Luiz Tancredo.