Tubarão

Está pronta a primeira sapata que receberá uma das colunas de sustentação da passarela de concreto em frente à Unisul. O chamado bloco de coroamento de apoio 3 fica no leito do Rio Tubarão, um pouco além da margem direita, onde está instalado todo o canteiro de obras.

Agora, a Araújo Construções, empreiteira vencedora da licitação, dará início ao bloco de coroamento de apoio 2, que fica na parte ainda em terra. A construção da sapata é tecnicamente menos complicada que a estrutura do apoio 3, localizada quase no meio do rio e que exigiu a colocação do aterro hidráulico para a passagem do bate-estaca.

O apoio 1, que receberá a cabeceira da passarela na margem esquerda, está pronto há alguns dias. A expectativa é erguer as duas primeiras colunas de apoio nesta parte do rio para depois iniciar os trabalhos na margem direita, onde o terreno já começou a ser preparado para receber máquinas e equipamentos.

A travessia de concreto armado pretendido terá cerca de quatro metros de largura – dois metros livres para a ciclofaixa e 1,5 metro livre para os pedestres e cadeirantes. A passarela ficará apoiada sobre quatro colunas, além das duas colunas nas cabeceiras. O projeto prevê, ainda, a instalação de todo o sistema de iluminação.

A passarela terá um custo de R$ 3,6 milhões. O prazo de conclusão da obra é 31 de dezembro deste ano.