#ParaTodosVerem Na foto, bombeiros peruanos lutam para evitar que um incêndio florestal avance sobre Machu Picchu
Machu Picchu, que foi considerada uma das sete maravilhas do mundo, continua em perigo por causa de um incêndio. Os bombeiros peruanos tentam extinguir as chamas desde a última terça-feira - Foto: Prefeitura de Machu Picchu | Divulgação

Bombeiros peruanos têm lutado contra o tempo para apagar um incêndio florestal que coloca em perigo um dos locais arqueológicos mais importantes do mundo. O incêndio encontra-se perto das ruínas incas de Machu Picchu e continua a fazer estragos nos Andes peruanos. De acordo com a Prefeitura de Machu Picchu, as chamas já alcançaram área equivalente à cidade do Vaticano e começaram na última terça-feira (28), depois de agricultores locais terem ateado fogo para queimar erva e preparar novas colheitas. Em apenas um dia, mais de 20 hectares viraram cinzas. O fogo avança mais rápido do que os homens conseguem combate-lo. Nesta sexta-feira, especialista dos Ministério da Cultura do Peru iniciaram a análise dos estragos em outro local de interesse arqueológico, o monumento de Llamakancha.

Neste ponto, o fogo já causou danos irreparáveis, segundo as autoridades do país. As chamas estão cada vez mais perto de um dos locais mais importantes e visitados no mundo, Machu Picchu, um complexo arqueológico de estruturas em pedra que foi construído há mais de 500 anos pelos incas, quando o império dominava o que hoje corresponde aos territórios do Equador e do Chile central. Devido à dificuldade de acesso a muitas áreas dos Andes, os bombeiros têm tido dificuldade em apagar as chamas. “Estamos lutando contra este incêndio há mais de dois dias e não tem sido possível controlá-lo, dado que a área é inacessível”, explicou aos meios de comunicação Roberto Abarca, diretor do Gabinete de Segurança e Gestão de Risco de Cuzco.

Fonte: Agência Brasil e Prefeitura de Machu Picchu
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul