A diretoria do Procon de Imbituba recebeu, nos últimos dias, diversas ligações de consumidores informando sobre a demora no atendimento por parte dos caixas da agência do Banco Bradesco, no Centro da cidade.

 

Diante dos relatos, os fiscais foram até o local e constataram a situação. Alguns clientes chegaram a ficar mais de duas horas esperando pelo atendimento.

 

A intenção, segundo a diretora do órgão de proteção ao consumidor, Cristiane Pegorara, é garantir o cumprimento da Lei Municipal 3001/2006, que estipula um tempo máximo de espera para o atendimento aos clientes.

 

De acordo com a legislação, para atendimento no caixa, o tempo de espera não deve passar de 20 minutos em dias normais. Em vésperas ou depois de feriados, esse tempo por chegar a 25 minutos. E nos dias de pagamento ou de vencimento de contas relacionadas as concessionárias de serviços públicos, a demora não deve passar dos 30 minutos.

 

Após o trabalho, o Banco Bradesco foi notificado e tem 10 (dez) dias úteis para apresentar defesa. A instituição precisa se adequar ao tempo de atendimento, justamente, porque a temporada de verão está próxima e o período costuma triplicar o número de pessoas circulando pela cidade.

 

“Conforme a legislação municipal, as multas variam de acordo com a Unidade Fiscal do Município (UFM) e podem variar entre R$ 3.230,00 e R$ 32.300,00. Vale lembrar que a multa poderá ser elevada, de acordo com reincidência da infração cometida pela Instituição”, reiterou Cristiane Pegorara, Diretora do PROCON Municipal.

 

Para mais informações ou denúncias, telefone de contato do Procon de Imbituba é o (48) 32552727 e o e-mail, procon@imbituba.sc.gov.br.