O Porto de Imbituba foi palco do Imbcomex nesta quarta-feira (24), encontro de negócios portuários que reuniu empresários, autoridades e especialistas. Na sua quarta edição, a programação incluiu visita à área portuária, palestras e painéis de debate, com a discussão de temas como a situação atual, modernização e investimentos do Porto, ativação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Imbituba e multimodalidade porto-ferrovia. O evento é uma iniciativa do Núcleo de Comércio Exterior da Associação Empresarial de Imbituba (ACIM Comex), e este ano conta com a SCPAR Porto de Imbituba como co-organizadora.

“Esse foi um momento de discussão qualificada, com a pauta de importantes temas para o desenvolvimento da Região Sul de Santa Catarina. Foi também uma oportunidade de aproximar nossos clientes e novos interessados em ter o Porto de Imbituba como um parceiro logístico”, avalia Fábio Riera, diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba.

O Imbcomex voltou a ocorrer dentro do Porto, no Centro de Atividades Múltiplas, e contou com 90 participantes ao longo da programação. Pela manhã, um grupo de 30 empresários e autoridades fez uma visita técnica às instalações e área de cais.  À tarde, a palestra de abertura foi liderada por Otto Luiz Burlier, diretor do departamento de Gestão e Modernização Portuária da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA). Em seguida, o primeiro painel trouxe oportunidades de desenvolvimento da ZPE, com a participação do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Santa Catarina, Luciano Buligon, o presidente da ZPE, Jeferson Machado, e, representando o empresariado, o CEO da Neopreme, Marcelo Bonganhi. José João Tavares, diretor de Planejamento e Operações do Porto e ex-presidente da ZPE, fez a moderação do painel.

O segundo painel do dia debateu a multimodalidade regional, buscando abordar a maior integração logística do Porto de Imbituba com o modal ferroviário. Os palestrantes foram Benony Schmitz Filho, diretor-presidente na Ferrovia Tereza Cristina e Silvio dos Santos, engenheiro da área de transportes, principalmente o ferroviário, e servidor da Secretaria de Estado de Infraestrutura. A moderação do painel ficou a cargo de Antônio Carlos Guimarães Neto, empresário e diretor de Infraestrutura e Logística da FACISC.

Rita Munck, presidente do CAP do Porto de Imbituba e chefe de gabinete da SNPTA, Fábio Riera, diretor-presidente e Fabrício Debortoli, diretor de Administração e finanças da Autoridade Portuária, encerram o evento com a palestra Porto de Imbituba: presente e futuro. As apresentações trouxeram um panorama das operações, ações e investimentos do Porto e sua inclusão no contexto nacional. A oportunidade também foi marcada pelo lançamento da licitação para a obra de reforma e ampliação do Cais 3, maior investimento da SCPAR Porto de Imbituba desde sua criação.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: SCParPorto