Divulgado nesta sexta-feira (8), o primeiro relatório semanal de balneabilidade para a alta temporada 2019-2020, manteve a Prainha do Farol como imprópria para banho. Dos sete pontos analisados pelo órgão estadual em Laguna, apenas o balneário na região da ilha está com condição inadequada para banhistas.

As amostras nos pontos mapeados em Laguna foram recolhidas na terça-feira, 5, e apontam condição positiva nos outros seis balneários da cidade. No estado, são 177 locais indicados para banho e 52 não adequados.

A Prainha do Farol está imprópria para banho desde julho deste ano, após ter ficado um semestre com condição positiva.

O que é o balneário impróprio

O IMA-SC diz que um balneário é considerado impróprio quando “em mais de 20% de um conjunto de amostras coletadas nas últimas 5 semanas anteriores, no mesmo local, for [constado índice de presença de bactéria] superior a 800 Escherichia coli por 100 mililitros ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2000 Escherichia coli por 100 mililitros”.