O corpo do idoso Agenor Della Bruna, de 69 anos, foi encontrado na tarde desta quarta-feira, 9, por volta das 16h. Ele estava com as mãos amarradas, sinais de tortura e com ferimentos de facadas no peito e na nuca. 

A vítima foi encontrada por um agricultor que foi até o local colher bananas, na comunidade de São Francisco, na localidade conhecida como “Serrinha”, interior de Nova Veneza.

De acordo com o Portal Veneza Agenor estava desaparecido desde a madrugada desta quarta-feira (9), quando sua residência foi incendiada no bairro Lagoa dos Esteves, em Balneário Rincão, e seu automóvel Ford Ecosport foi encontrado, também em chamas, na Estrada Geral da Barra Velha, nas proximidades da Plataforma da Zona Sul.

De acordo com o delegado Jorge Giraldi, que responde pela Delegacia de Polícia Civil do Balneário Rincão durante a Operação Veraneio e está responsável pelo caso, a principal linha de investigação trata o crime como um latrocínio.