Pedras Grandes

Um idoso de 91 anos teve alta média após passar oito dias internado em tratamento contra o coronavírus, em Pedras Grandes. Aldo de Prá deu entrada no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, no início do mês e saiu da casa de saúde há pouco mais de uma semana. Após se recuperar, ele voltou para casa, onde segue em isolamento como medida de precaução.

Além da idade avançada, outro fator de risco da paciente era um câncer de próstata. A recuperação de Aldo indica um bom sinal de esperança para toda população em meio ao cenário de temor pelo coronavírus.

Além de Aldo, a sua esposa Inês, de 90 anos, também foi infectada com o Covid-19. No entanto, ela não resistiu a doença e morreu há algumas semanas. Eles foram casados por 68 anos. Em isolamento, o idoso é assistido por uma cuidadora.

A filha Cléria Prá da Silva, conta que mais de uma semana se passou desde que o homem recebeu alta hospitalar. “Ele está se recuperando. Devido a idade avançada tudo é mais lento. Ainda não podemos chegar muito perto dele, mas tudo está se encaminhando”, assegura.

Cléria expõe que antes da doença, Aldo era um homem ativo, fazia seus afazeres sem o auxílio das pessoas. “Meu pai está um pouco abatido com tudo que ocorreu, a morte da minha mãe e sua companheira por 68 anos, a doença que limitou um pouco o seu cotidiano. Ele sempre foi um homem que gostou muito de lidar com a sua horta, com os seus trabalhos e agora depende de ajuda. Acreditamos que as coisas vão melhorar. O importante é que ele está se recuperando”, finaliza.